Alta de 10,12% no tomate puxa custo da cesta básica

Em março, custo foi de R$ 477,50, variação de 2,02% referente ao mês, o 7º mais caro entre as capitais brasileiras; no ano, índice é de 5,82%

O preço da cesta básica aumentou em todas as capitais do País em março. Em Campo Grande, o custo foi de R$ 477,50, variação de 2,02%. Este é o 7º mais caro, conforme levantamento resultado divulgado pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos) em 18 cidades.

Esta é a segunda alta consecutiva no ano, totalizando acumulado de 5,82%. Nos últimos doze meses, o percentual chegou a 17%, a sexta variação mais expressiva entre as cidades pesquisadas.

A capital com a cesta mais cara foi São Paulo (R$ 509,11), seguida pelo Rio de Janeiro (R$ 496,33) e Porto Alegre (R$ 479,53). Os menores valores médios foram observados em Salvador (R$ 382,35) e Aracaju (R$ 385,62).

Vários produtores influenciaram nessa alta em Campo Grande, entre os meses de fevereiro e março, como o preço do tomate, com reajuste de 10,12%. A banana teve reajuste de 18,32%. O quilo da batata teve retração, de -10,92%.

Fonte: CGNews

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias semelhantes