CLIMA: Alerta vermelho por causa do calor e tempo seco segue até fim do dia

CLIMA: Alerta vermelho por causa do calor e tempo seco segue até fim do dia

Área da onda de calor em Mato Grosso do Sul (Foto: Inmet/Reprodução)

Termômetros passam dos 40ºC e a umidade relativa do ar fica abaixo dos 20% nesta quarta-feira em MS

Alerta do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) para morte por causa da onda de calor e tempo seco em Mato Grosso do Sul vale até às 23h desta quarta-feira (11). Termômetros passam dos 40ºC e a umidade relativa do ar fica abaixo dos 20%.

Conforme o aviso, mortes podem ocorrer por hipertermia, quando a temperatura do corpo aumenta a patamares de causa colapso no organismo.

A onde de calor deve durar até o fim da semana ao menos em 36 cidades do Estado. O boletim do Inmet avisa para “temperaturas 5ºC acima da média por período de 3 a 5 dias”.

Em Mato Grosso do Sul, a temperatura chegam a marcar 43ºC no norte e no Pantanal. A sensação térmica pode chegar aos 45ºC, segundo o meteorologista Natálio Abrahão, da Uniderp.

Nesta terça-feira, Coxim, cidade do norte do Estado, foi a cidade mais quente do País. Bataguassu, Três Lagoas e Água Clara também figuraram no ranking dos valores extremos do Inmet.

Água Clara, Alcinópolis, Anaurilândia, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Bandeirantes, Bataguassu, Brasilândia, Camapuã, Campo Grande, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corguinho, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Dois Irmãos do Buriti, Figueirão, Inocência, Jaraguari, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Paranaíba, Paraiso das Águas, Pedro Gomes, Ribas do Rio Pardo, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Rochedo, Santa Rita do Pardo, Selvíria, Sonora, São Gabriel do Oeste, Terenos e Três Lagoas também figuraram no ranking dos valores extremos do Inmet.

Para Campo Grande, a previsão é de máxima de 38ºC para hoje.

Já o alerta para tempo seco vale para a maior parte do Estado, 59 municípios. O risco aumenta para a saúde. “Beba água, evite exposição ao sol nas horas mais quentes do dia, use hidratante para a pele e umidifique o ambiente”, são as recomendações do Inmet.

As chances de incêndios florestais também são maiores.

Fonte: CGNews

Compartilhe

Write a Comment

view all comments