Incêndio começa em overboard e destrói casa, mas deixa bíblias intactas em Campo Grande

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Foto: (Foto: Leonardo de França - Jornal Midiamax)

Incêndio destruiu uma residência localizada no Bairro Coophavila II, no início da manhã deste sábado (9). O imóvel, onde estavam mãe e duas filhas, ficou completamente destruído e o fogo teria começado em um overboar. Os únicos objetos da casa que não queimaram foram duas bíblias, que estavam no guarda-roupas da proprietária.

A artesã Marylei Souza Molina, de 37 anos, contou ao Jornal Midiamax que estava dormindo quando, por volta das 5h, escutou dois estrondos. A filha mais velha, de 13 anos, correu até o quarto da mãe após acordar com as chamas já próximas ao seu rosto.

A adolescente relatou que havia deixado o brinquedo carregando na noite de ontem (8), apoiado no guarda-roupas. A menina afirmou que só deu tempo de pegar uma das duas cachorras da família, que dormia com ela, e correr para o quarto da mãe. O porquinho-da-índia de estimação, que estava na sala, não teve a mesma sorte.

“Escutei um estrondo, sentei na cama e fiquei esperando. Ouvi um segundo estrondo e minha filha veio correndo falando que o brinquedo tinha explidido. Tentei voltar para tirar do quarto, mas já estava tudo tomado pelo fogo”, afirmou Marylei.

[Colocar ALT]
Quarto ficou destruído (Foto: Leonardo de França)

A artesã pegou a filha menor, de quatro anos, e correu em direção à sala. Ao sair da residência, acionou o Corpo de Bombeiros. As bíblias que ganhou no casamento com o caminhoneiro Celso de Oliveira, de 41 anos, e que a filha havia comprado para presentear um amigo, foram os únicos objetos que restaram na casa.

Celso está em viagem para o Paraná e vai retornar à Campo Grande após ter recebido a notícia. “Só rezo para que meu marido chegue em segurança agora”, afirmou. Mariley saiu de camisola, junto às filhas, e disse ter pegado roupas emprestadas para vestir . A família está abrigada na casa de tios.

A moto esportiva do casal ficou intacta e estava estacionada na garagem. Contudo, a caminhonete Triton teve a lateral atingida pelas chamas, mas não chegou a explodir, devido ao resfriamento feito pelo Corpo de Bombeiros.

Ainda assustada, a aposentada Amélia Yamaza, que mora na residência ao lado, afirmou que saía para fazer caminhada quando ouviu outros vizinhos gritarem para ela sair correndo. “Estou assustada até agora, com as pernas bambas. Queria entrar na minha casa para pegar os documentos mas não deixaram”, relata.

A parede da varanda da vizinha ficou chamuscada pelo fogo, bem como o quarto de dispensa aos fundos.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Notícias semelhantes