PMA de Bela Vista autua dois assentados em R$ 4,5 mil por desmatamento, e por exploração ilegal de madeira

Foto: Divulgação PMA

Ambos os infratores responderão pelo crime ambiental de desmatamento e exploração de madeira

Diversas irregularidades têm sido encontradas pela PMA nos assentamentos rurais no Estado. Durante fiscalização nesta terça-feira (30) pela manhã, no assentamento Ney Ramos Volpato, localizado a 45 km da cidade de Bela Vista, no município, Policiais Militares Ambientais de Bela Vista encontraram atividades de desmatamento e exploração ilegal de madeira em dois lotes do assentamento.

Um assentado, de 46 anos, residente no assentamento, foi autuado por realizar um desmatamento com uso de máquinas em seu lote, derrubando a vegetação pela raiz, para exploração da madeira sem autorização ambiental. A área medida com GPS perfez 3,33 hectares. O infrator foi atuado administrativamente e multado em R$ 3.330,00.

Outro assentado, de 51 anos, havia derrubado também com uso de máquinas diversas árvores pela raiz em um lote vizinho ao do desmatamento, para exploração da madeira sem licença ambiental. Ele foi atuado administrativamente e multado em R$ 1.220,00.

Divulgação PMA

Ambos os infratores responderão pelo crime ambiental de desmatamento e exploração de madeira, que prevê pena de seis meses a um ano de detenção. As máquinas utilizadas na desvegetação não estavam mais no local.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias semelhantes