Após fim do toque de recolher, MS libera eventos e festas sem restrição de lotação

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

A SES-MS (Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul) liberou por decreto publicado nesta sexta-feira (20), a realização de eventos, reuniões e festividades em clubes, salões, centros esportivos e afins, que antes estavam proibidas devido à pandemia da Covid-19. As medidas terão validade a partir de 23 de agosto.

Segundo a publicação no Diário Oficial do Estado, o decreto de hoje altera as medidas restritivas publicadas em 31 de março, voltadas ao enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do coronavírus no território de Mato Grosso do Sul.

No decreto anterior, a realização de eventos, reuniões e festividades em clubes, salões, centros esportivos e afins, com participação de mais de 50 pessoas e sem o distanciamento social mínimo de 1,5 m estava proibida. Porém, para realização dos eventos, é preciso que o local mantenha os protocolos de biossegurança.

Portanto, o decreto retira a restrição em relação ao toque recolher. Sobre a questão da lotação, permanecem os percentuais definidos pelo mapa epidemiológico, com 30% para as bandeiras cinzas e 50% bandeiras vermelhas. “Reforçamos ainda que são recomendações do Governo do Estado para as prefeituras municipais e não determinações”, disse a SES, através da assessoria de imprensa.

Covid-19

De acordo com boletim epidemiológico do coronavírus divulgado ontem (19) pela Secretaria, Mato Grosso do Sul já soma 364.563 casos confirmados de Covid-19, com 375 novos registros. Foram mais 11 mortes e MS tem uma média móvel de 416,1 casos de covid e 14,1 mortes diárias.

Com os novos óbitos, o total de vítimas fatais em MS chega a 9.224 mortes desde o início da pandemia. As novas mortes foram registradas nas seguintes cidades: Campo Grande (7), Três Lagoas (2), Costa Rica (1) e Paraíso das Águas (1). Entre os óbitos, seis eram de idosos.

A SES também destacou que MS já contabiliza um total de 1.022.044 casos notificados, dos quais 653.470 foram descartados. Há 476 testes em análise no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) e 3.535 casos sem encerramento pelos municípios.

Créditos: MidiaMax

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Notícias semelhantes